Maciel de Carvalho Rodrigues Medeiros

Ralos de tempo: conheça os vilões da produtividade na advocacia

Alberto Pires de Almeida
Alberto Pires de Almeida
4 Min Read
Maciel de Carvalho Rodrigues Medeiros

Se você é um advogado, sabia que provavelmente já foi prejudicado pelos ralos de tempo da profissão? Maciel de Carvalho Rodrigues Medeiros, empreendedor jurídico e idealizador do Método Carvalho, acredita que esses fenômenos do ofício são responsáveis por atrapalhar os advogados e, muitas vezes, ocasionar frustração.

Na concepção do advogado Dr. Maciel de Carvalho Rodrigues Medeiros, os ralos de tempo são as atividades que atrapalham o foco e, consequentemente, as ações do advogado durante o expediente. Quando a concentração do profissional é atrapalhada por esses fenômenos, não há planejamento nem eficiência que sustentem a produtividade.

Isso porque, um advogado que almeja aumentar sua produtividade, compreende diretamente que tempo é dinheiro. Desse modo, aquele que almeja ganhos significativos, necessita de tempo hábil para fidelizar e prospectar clientes, além de manter a concentração nos processos e atividades diárias.

Quais são os ralos de tempo da advocacia?

No parecer do Dr. Maciel de Carvalho Rodrigues Medeiros, o acompanhamento de processos é um dos trabalhos que consome a energia dos profissionais da área do Direito. E quando essa atividade não é feita com ferramentas que agilizem seu processo e eficiência, torna-se mais difícil para o indivíduo acompanhar prazos ou informações. Isso faz com que o advogado prenda sua atenção ao máximo nessa tarefa para não ter falhas futuras no processo.

Ainda que muitos não vejam desse modo, o excesso de trabalho é um ralo de tempo significativo. Por mais que a entrada de trabalho seja algo positivo, quando um advogado está sobrecarregado, certamente os resultados finais não sairão bons. Por isso, é fundamental que as atividades sejam distribuídas de maneira equilibrada para que todos consigam desempenhar seu ofício sem demandas a mais. 

O Dr. Maciel de Carvalho Rodrigues Medeiros considera que outro ralo de tempo é o foco em áreas variadas. O advogado que tende a abraçar diversas áreas jurídicas (civil, família, penal, trabalhista…) acaba por prejudicar o próprio trabalho, escritório e clientes ao não conseguir desenvolver causas com devida atenção, acumulando causas perdidas e derrotas. 

Como se prevenir dos ralos de tempo?

Fato que, para evitar a procrastinação e desperdício de tempo, é preciso evitar os ralos de tempo. Na ótica do professor e mestre em filosofia, Dr. Maciel de Carvalho Rodrigues Medeiros, o primeiro passo para solucionar esse problema está na análise e identificação da etapa que consome seu trabalho. E essa é uma consciência que, muitas vezes, passa de maneira imperceptível.

Por isso, essa análise deve se valer da realidade de seu cotidiano e escritório, cada situação individual deve ser percebida e, a partir disso, modificada. Ao identificar um ralo de tempo, o advogado pode se valer de estratégias para eliminá-los de vez da rotina jurídica. Somente assim, será possível se tornar um profissional com desenvolvimento máximo de potencial.

Compartilhe esse Artigo
Leave a comment