Global Statistics

All countries
530,313,294
Confirmed
Updated on 26 de May de 2022 23:40
All countries
486,613,222
Recovered
Updated on 26 de May de 2022 23:40
All countries
6,307,781
Deaths
Updated on 26 de May de 2022 23:40
spot_img

Rio de Janeiro flexibiliza restrições contra a Covid-19

A cidade do Rio de Janeiro anunciou nesta sexta-feira, 10, a flexibilização das restrições contra Covid-19. De acordo com a prefeitura, nos locais em que são realizadas atividades esportivas, como academias, centros de treinamento e piscinas,  a distância exigida entre as pessoas foi reduzida de 4 metros para 1 metro. O município também ampliou de 40% para 60% a capacidade de pontos turísticos, teatros, cinemas, parques e museus. O decreto municipal, publicado nesta sexta, mantém restrições na capital até 20 de setembro.

A decisão ocorre após a melhora nos indicadores da pandemia na cidade. Entre julho e agosto, houve um aumento de casos e internações pela Covid-19 devido ao avanço da variante Delta, que já responde por 95,8% dos casos na cidade. Mas, entre a terceira semana de agosto e a primeira semana de setembro, houve queda de 26% das internações em unidades do sistema público de saúde.

Ainda de acordo com a prefeitura, os casos atendimentos na rede de urgência e emergência por síndrome gripal e síndrome respiratória aguda grave, e óbitos notificados acompanham esse movimento de queda. A fila de espera por leito de tratamento de Covid-19 também está zerada.

“Começamos a ter um padrão que já esperávamos com o aumento da cobertura vacinal. É um grande marco, com a tendência de queda bastante expressiva nos índices da doença”, disse o secretário municipal de Saúde, Daniel Soranz, em coletiva de imprensa realizada nesta sexta.

Outra consequência da melhora do cenário epidemiológico apontada na 36ª edição do Boletim Epidemiológico da Covid-19 é o retorno de algumas áreas da cidade para estágio de atenção amarelo, que indica risco moderado de transmissão do coronavírus. Depois de cinco semanas seguidas com todas as 33 regiões administrativas classificadas como risco alto (laranja), seis delas agora apresentam risco moderado: Portuária, São Cristóvão, Penha, Ilha de Paquetá, Santa Teresa e Barra da Tijuca.

Vacinação

De acordo com Soranz, 55,7% dos adultos da cidade já estão totalmente vacinados, com a dose única da Jansen ou com as duas doses da Coronavac, Astrazeneca ou Pfizer. Depois de uma semana suspenso devido ao atraso na entrega de imunizantes pelo Ministério da Saúde, o calendário de vacinação por idade foi retomado no Rio de Janeiro na última quarta-feira, 8. Meninas de 15 anos puderam receber sua primeira dose da Pfizer-BioNTec, único imunizante liberado pela Anvisa para uso em adolescentes, nos dias 8 e 9 de setembro. Nesta sexta-feira, é a vez dos meninos de 15 anos. Entretanto, segundo o secretário, o município só tem estoque para aplicar a primeira dose até amanhã. Para prosseguimento com as demais faixas etárias, a Secretaria Municipal de Saúde aguarda a chegada de mais vacinas. Segundo Soranz, o município espera receber nos próximos dias 150.000 doses de vacinas

spot_img

Ultimas Notícias