Global Statistics

All countries
179,402,528
Confirmed
Updated on 21 de June de 2021 14:17
All countries
162,276,592
Recovered
Updated on 21 de June de 2021 14:17
All countries
3,885,066
Deaths
Updated on 21 de June de 2021 14:17

Vulcão entra em erupção e gera pânico na República Democrática do Congo

A erupção do vulcão Nyragongo, na República Democrática do Congo, atingiu vilarejos e deixou  ao menos 15 pessoas mortas, informaram neste domingo as autoridades do país. Até o momento não há confirmação quanto ao número de vítimas, mas as agências internacionais dão conta de centenas de habitantes.

Moradores de Goma, cidade próxima ao vulcão, entraram em pânico, e tentaram fugir. Cerca de 30 mil pessoas deixaram suas casas. Muitas delas cruzaram a fronteira e migraram para Ruanda, país vizinho cuja fronteira está próxima das áreas mais afetadas.

Metade da pista do aeroporto ficou tomada pela lava, o que dificulta a chegada de ajuda humanitária e a evacuação da cidade.

Moradores de Guma carregam o que conseguem pegar para escapar da erupção do Vulcão (Photo by Guerchom Ndebo / AFP)AFP/AFP

Além da lava, a cidade que tem cerca de dois milhões de pessoas, foi atingida pela cinza e pelos gases tóxicos do vulcão. Moradores relataram dificuldades em respirar.

Em 2002 o vulcão Nyragongo também entrou em erupção. Mais de cem mil pessoas ficaram refugiadas naquela ocasião.

Moradores de goma caminham pela lava do Vulcão Nyragongo (Photo by Guerchom Ndebo / AFP)AFP/AFP
Continua após a publicidade

Ultimas Notícias

Refugiados Venezuelanos já são 4,6 milhões na América Latina

O drama dos refugiados venezuelanos só aumenta. Em 2020, eram 4,6 milhões de cidadãos venezuelanos refugiados na América Latina. No ano em que a...

Portugal limita viagens para e de Lisboa durante os finais de semana

Para conter o aumento de casos de Covid-19, o governo de Portugal decidiu proibir viagens saindo ou chegando à região metropolitana de Lisboa durante...

Usina nuclear chinesa investiga risco de ‘ameaça radiológica iminente’

A usina nuclear de Taishan, na China, está sob vigilância após alertas de uma “ameaça radiológica iminente” pela empresa francesa que ajuda a operá-la....