Global Statistics

All countries
137,583,534
Confirmed
Updated on 13 de April de 2021 13:43
All countries
110,680,573
Recovered
Updated on 13 de April de 2021 13:43
All countries
2,964,008
Deaths
Updated on 13 de April de 2021 13:43

Cientista russo que pesquisava vacina contra Covid é encontrado morto

Um cientista russo ligado a uma equipe escocesa que pesquisava uma vacina contra o novo coronavírus foi encontrado morto em São Petersburgo, vítima de ferimentos com faca. Autoridades suspeitam que Alexander Kagansky, de 45 anos, tenha caído da janela de um prédio com 16 andares no sábado 19.

O corpo do geneticista foi encontrado no pátio do edifício. O Comitê de Investigação da Rússia informou que deteve um suspeito não identificado de 45 anos para investigar um possível assassinato. O site de notícias russo Fontanka informou que o cientista havia visitado um antigo colega de escola no dia de sua morte.

A polícia acredita que houve uma “briga” antes da queda de Kagansky, de acordo com um relatório, que disse que um processo criminal por homicídio seria aberto após a descoberta do corpo “com sinais de uma morte violenta”.

O suspeito negou ter esfaqueado Kagansky. Depois de 48 horas detido, ele foi solto na segunda-feira 21 e deve passar por um teste no detector de mentiras.

Segundo o site de jornalismo independente The Moscow Times, Kagansky trabalhou junto a uma equipe da Universidade de Edimburgo, na Escócia, em pesquisas sobre uma vacina para a Covid-19. O cientista especializado em estudos na área de oncologia já trabalhou junto ao Instituto Nacional do Câncer dos Estados Unidos, em Maryland.

A Universidade Federal do Extremo Oriente, na Rússia, onde Kagansky liderou o Centro de Medicina Genômica e Regenerativa, disse que lamenta a morte de um influente cientista cujos trabalhos foram publicados regularmente nas principais revistas científicas globais.

A morte do cientista segue seis outros casos de russos caindo de janelas de hospitais no início deste ano. Cinco das vítimas estavam sendo tratadas contra o coronavírus, enquanto uma era um médico que se queixou da falta de equipamentos de proteção individual. Outro médico caiu de uma janela de hospital, mas sobreviveu e está sendo tratado em um hospital devido a ferimentos na cabeça.

Continua após a publicidade

Ultimas Notícias

Atirador deixa ao menos um morto em escola nos EUA

Uma pessoa morreu e outra, um policial, ficou ferida após a ação de um atirador em uma escola em Knoxville, no estado americano do...

Tiroteio em frente a hospital de Paris deixa ao menos um morto e um ferido

Em frente ao hospital privado Henry Dunant, em Paris, na França, um homem foi morto e uma agente de segurança ficou gravemente ferida nesta...

Morte de homem negro pela polícia desperta novos protestos em Minneapolis

O assassinato de um jovem durante uma blitz policial em Minneapolis, nos Estados Unidos, provocou indignação em todo o país e despertou novos protestos...