Global Statistics

All countries
159,713,930
Confirmed
Updated on 11 de May de 2021 11:02
All countries
138,370,952
Recovered
Updated on 11 de May de 2021 11:02
All countries
3,320,104
Deaths
Updated on 11 de May de 2021 11:02

China ultrapassa EUA e vira principal parceiro comercial da União Europeia

O Eurostat, Serviço de Estatística da União Europeia, divulgou nesta segunda-feira, 15, que a China tornou-se o principal parceiro comercial do bloco em 2020, tirando pela primeira vez os Estados Unidos do topo da relação.

O gigante asiático, graças a uma rápida recuperação econômica devido à contenção eficaz da pandemia do novo coronavírus no território chinês, totalizou 586 bilhões de dólares em exportações e importações com a União Europeia. Enquanto isso, as transações com os Estados Unidos no ano passado somaram 555 bilhões de dólares (31 bilhões de dólares a menos).

O bloco europeu já era o principal parceiro comercial da China desde 2004, quando ultrapassou o Japão.

Segundo o Eurostat, este resultado deve-se ao aumento das importações europeias da China (+5,6% em 2020 em relação a 2019) e das exportações europeias para a China (+2,2%).

Ao mesmo tempo, o comércio com os Estados Unidos registrou queda significativa tanto nas importações (-13,2%) quanto nas exportações (-8,2%).

Depois de sofrer com a pandemia durante o primeiro trimestre do ano passado, com duros bloqueios nacionais que suspenderam grande parte das atividades comerciais, a economia chinesa se recuperou vigorosamente. No final do ano, o consumo superou o nível de 2019, impulsionando as vendas europeias – em particular de automóveis e produtos de luxo.

Continua após a publicidade

Já as exportações da China para a Europa se beneficiaram de uma forte demanda por equipamentos médicos e produtos eletrônicos.

Neste contexto, o déficit comercial da União Europeia com a China aumentou, passando de 199,7 bilhões de dólares negativos em 2019 para 219,4 bilhões de dólares negativos no ano passado. Ao mesmo tempo, o superávit com os Estados Unidos manteve-se estável, em torno de 183 bilhões de dólares.

Brexit

O Reino Unido, que deixou de fazer parte da União Europeia, é agora o seu terceiro maior parceiro comercial, atrás da China e dos Estados Unidos. No entanto, as exportações europeias para os britânicos caíram 13,2% no ano passado e as importações, 13,9%.

No total, a União Europeia registou em 2020 um crescimento econômico forte em relação ao resto do mundo, com um superávit que superou em 31,3 bilhões de dólares o de 2019. Os mais beneficiados foram os 19 países da zona do euro.

Apesar disso, o Eurostat estima que o Produto Interno Bruto da região sofreu contração de 6,8% em 2020. Os Estados Unidos foram um pouco menos afetados pela crise gerada pela pandemia, encolhendo 3,5% (ainda a maior taxa desde a Segunda Guerra Mundial). Já a China cresceu 2,3% – a única grande economia a driblar a recessão.

(Com AFP)

Continua após a publicidade

Ultimas Notícias

Escalada de violência: Palestinos disparam mísseis em Jerusalém

Manifestantes palestinos  dispararam ao menos sete mísseis contra áreas israelenses de Jerusalém na tarde desta segunda-feira (10). A violência fez com que moradores da...

Pioneiro da internet no Brasil, empresário Aleksandar Mandić morre aos 66 anos

Considerado um dos pioneiros da internet no Brasil, Aleksandar Mandić morreu na tarde desta quinta-feira, 6, aos 66 anos. A informação foi anunciada por...

Chanceler França terá primeira conversa com secretário de Estado dos EUA

Está prevista para os próximos dias, possivelmente na semana que vem, a primeira conversa entre o chanceler Carlos Alberto França e Antony Blinken, secretário...